O Popular

Lançamentos » Renault lança Sandero automático Modelo com câmbio sequencial chega às lojas com motor 1.6 e sai por R$ 43.900

Bruno Vasconcelos

Publicação: 04/07/2011 11:31 Atualização:

Quando lançou o novo Sandero há cerca de dois meses, a Renault disse que estudava trazer para o mercado brasileiro a versão automática do seu carro mais vendido, o Sandero. Pois nesta semana a montadora francesa confirmou (e já lançou) o hatch automático em sua versão topo de linha, a Privilège 1.6 Hi-Flex. O preço ficou em R$ 43.900, R$ 3 .500 mais caro que o equivalente com câmbio manual.
Versão sem pedal de embreagem sai no topo de linha Privilége (Renault/divulgação)
Versão sem pedal de embreagem sai no topo de linha Privilége

A oferta do câmbio automático, além de tornar ainda mais completa a gama de opções do Novo Sandero disponível para o cliente, está em sintonia com a atual filosofia da marca Renault, que é produzir veículos cada vez mais voltados às necessidades das pessoas.

O câmbio automático de quatro marchas, com opção de troca sequencial, está disponível na versão topo de linha, batizada de Privilège, equipada com o motor 1.6 16V Hi-Flex. Vale ressaltar que as versões Expression e Privilège com caixa de câmbio manual contam com motor 1.6 8V Hi-Torque.

A escolha do motor 1.6 16V Hi-Flex para trabalhar em conjunto com a caixa automática que equipará o Novo Sandero deve-se a sua adaptabilidade, performance e baixo consumo de combustível. O propulsor desenvolve a potência máxima de 112 cv com etanol e 107 cv com gasolina. "Trata-se de uma caixa moderna, desenvolvida para durar mais de 300 mil quilômetros sem nenhum tipo de manutenção; nem mesmo troca de óleo", observa Gabriel Bella engenheiro responsável pela área de desenvolvimento de motor e câmbio da Renault do Brasil.
Câmbio automático vem com opção sequencial de quatro velocidades (Renault/divulgação)
Câmbio automático vem com opção sequencial de quatro velocidades

Esta caixa de câmbio automático possui uma central eletrônica "inteligente", que avalia, a todo instante, qual a melhor marcha para determinada situação ou o melhor momento para a troca de marchas, em função do estilo de condução do motorista. "Essa central trabalha com base em uma série de parâmetros, como rotação do motor, abertura da borboleta e velocidade de acionamento do pedal do acelerador, além de velocidade do carro e carga do veículo", explica Gabriel Bella.

O câmbio automático do Novo Sandero conta com a função "Kick down". Acionada quando o motorista pisa até o fim e de forma rápida o pedal do acelerador, a central eletrônica avalia e realiza a redução de uma ou duas marchas, conforme dos dados avaliados por ela. Essa operação melhora a aceleração disponível, como, por exemplo, na realização de ultrapassagens.

O câmbio automático do Novo Renault Sandero também incorpora importantes dispositivos de segurança. A partida do carro ocorre apenas com a alavanca de câmbio nas posições P (Park) ou N (Neutro), ainda assim com o pedal do freio pressionado. Já a seleção das marchas D (Drive) ou R (Ré) deve ser feita exclusivamente com o veículo parado e o pedal de freio acionado.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Marcio Muzzi
Nesse valor ele não vem com ABS e AIR BAG, o que deveria ser item de série num carro nessa faixa de valor...ah lembrei o motivo, estamos no Brasil, onde 90% dos consumidores são otários ;) | Denuncie |

Autor: Lost Cluster
Acho que agora sim a Renault encontrou um nicho inexplorado: carros automáticos perto de 40.000,00. Tomara que os outros fabricantes também parem de "elitizar" o automático e passem a oferecê-lo em modelos compactos. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »


ofertas em destaque